Sem estoque Informe o seu e-mail e o notificaremos assim que o produto chegar em nosso estoque:


Enviar
Out of stock!
Insira seu e-mail para ser informado quando este produto chegar:
Enviar Fechar

Home

Literatura Estrangeira

Romance

O Retorno do Hooligan

Norman Manea

O Retorno Do Hooligan

Editora: Amarilys

 
R$ 59,00
Quantidade
Disponibilidade: Em Estoque
Comprar
R$ 59,00 no cartão em até 6x de R$ 9,83 s/ juros

CARTÃO

Dividimos em até 6x

FRETE

Confira nossa política de frete

Produtos Relacionados

Sinopse

Romance, autobiografia, diário. É difícil escolher apenas um termo para descrever O Retorno do Hooligan, obra certamente híbrida de Norman Manea, aclamado escritor romeno exilado nos Estados Unidos. A definição política de seu relato se dá já no título. Hooligan se refere à forma como o dramaturgo judeu Mihail Sebastian se definiu no livro Como me tornei um hooligan, de 1935, resposta a um texto antissemita publicado com grande repercussão no ano anterior. O texto defendia que o povo romeno era, por definição, cristão ortodoxo. Logo, judeus, ateus e membros de qualquer outra denominação deveriam ser considerados marginais, excluídos... hooligans. Em registro variado e não linear, O retorno do hooligan é um desafio engenhoso e recompensador, uma importante obra-prima sobre identidade, família, memória, história e, por fim mas não menos importante, o poder libertário da literatura.

“Viver num estado de emergência produziu as marcas que tornam sua vida e obra tão absolutamente lancinantes... Não se trata da batalha de um herói, mas a de um vulnerável, a luta do fraco não heroico por se levantar, com obstinação, contra todos os obstáculos, resistir à degradação, resistir contra o que Norman Manea denomina ‘descarrilamento do próprio homem’ – nenhum esforço moral é mais admirável.” - Philip Roth

“Um escritor soberbo que nos dá um grande testemunho sobre a vida intensa e dramática durante uma das ditaduras mais grotescas e ferozes de que se tem notícia. Norman Manea escreve sem amargura ou rancor, com uma incrível liberdade de espírito, com fantasia e até mesmo humor." - Mario Vargas Llosa

“Um livro grandioso... Não é apenas um relato autobiográfico. É também história, reflexão filosófica, visão do mundo, viagem ao interior da alma humana, alta literatura.” - Antonio Tabucchi