Sem estoque Informe o seu e-mail e o notificaremos assim que o produto chegar em nosso estoque:


Enviar
Out of stock!
Insira seu e-mail para ser informado quando este produto chegar:
Enviar Fechar

Home

OFERTAS DO NANDO

Até 25%

Meu Deus! Como Voltei para Deus

Peter Seewald

Meu Deus! Como Voltei Para Deus

Editora: Quadrante

De R$ 40,00 por:
R$ 36,00
Quantidade
Disponibilidade: Em Estoque
Comprar
R$ 36,00 no cartão em até 6x de R$ 6,00 s/ juros

CARTÃO

Dividimos em até 6x

FRETE

Confira nossa política de frete

Sinopse

“Quando voltei a pensar em Deus, comecei por ter a impressão de que estava diante de uma aventura desafiadora. Mais ou menos como um estimulante que nos leva a encontrar novamente certa emoção no cotidiano. Confesso que sou exigente: gosto do que é louco, ilimitado. A partir de certa altura, uma vida sem fé passou a parecer-me não apenas estreita demais, mas também demasiado modorrenta e vazia, algo assim como uma versão reduzida ao mínimo da existência humana. Como explicá-lo?”

O leitor não deve esperar encontrar aqui um relato convencional de conversão, uma crônica ordenada e cronológica dos acontecimentos que levaram o conhecido jornalista alemão Peter Seewald – coautor de três livros ao lado do Papa Bento XVI – a voltar para o seio da Igreja. Cada capítulo parte da situação em que o autor se encontrava no momento em que escreveu o livro, e repassa em flashback impressões as mais variadas, reflexões que o ajudaram a avançar num ponto ou noutro, coisas que o fizeram pensar, algum episódio mais marcante – como a conversa de cinco dias com o cardeal Ratzinger no mosteiro beneditino de Monte Cassino –, diálogos importantes, tudo isso contado em frases quase impressionistas, incisivas, caleidoscópicas e soltas.

Este livro “conversa” com os contemporâneos céticos do autor, adotando muitas vezes a sua linguagem e o seu modo de ver mas também para um católico representa uma experiência renovadora, porque põe em foco episódios da vida de Cristo ou aspectos da fé católica vistos como se fosse “de fora”. Assim ressalta em toda a sua unicidade e grandeza a figura do Senhor, sem cair em explicações que já soam gastas de tanto terem sido ouvidas.