Sem estoque Informe o seu e-mail e o notificaremos assim que o produto chegar em nosso estoque:


Enviar
Out of stock!
Insira seu e-mail para ser informado quando este produto chegar:
Enviar Fechar

Home

OFERTAS DO NANDO

Até 25%

Iracema - Contemporâneo da Posteridade?

Iracema - Contemporâneo da Posteridade?

Ivo Barbieri

Iracema - Contemporâneo da Posteridade?
Imagem do Livro

Ivo Barbieri

Iracema - Contemporâneo da Posteridade?

Editora: E Realizações

De R$ 24,90 por:
R$ 19,92
Quantidade
Disponibilidade: Em Estoque
Comprar
R$ 19,92 no cartão em até 6x de R$ 3,32 s/ juros

CARTÃO

Dividimos em até 6x

FRETE

Confira nossa política de frete

Produtos Relacionados

Sinopse

Iracema, Contemporâneo da Posteridade? apresenta um estudo indispensável para o entendimento inovador da obra de José de Alencar estudo assinado por um dos mais finos e agudos críticos literários brasileiros: Ivo Barbieri. Aliás, o subtítulo deste livro dá bem a medida da inteligência do crítico. Em resenha publicada no calor da hora, em janeiro de 1866, Machado de Assis entusiasmou-se com a tradução da sensibilidade indígena propiciada pelo romance alencariano. Nas páginas de Iracema, "tudo ali nos parece primitivo" por isso, o resultado do esforço não poderia ter sido mais bem-sucedido: "o futuro chamar-lhe-á obra-prima". O cuidadoso leitor ofereceu um apanhado do enredo: "A fundação do Ceará, os amores de Iracema e Martim, o ódio de duas nações adversárias, eis o assunto do livro". Ivo Barbieri, de igual modo, um dos nossos mais respeitados machadianos, desenvolveu e aprofundou a intuição do mestre, propondo uma hipótese fascinante.

 
Nas suas palavras: "A tupinização da língua portuguesa atestada pela incidência no texto de inúmeros vocábulos de origem indígena é sinal que indicia o processo geral de miscigenação. Esse, o grande tema que atravessa praticamente todos os planos da obra: argumento histórico, fábula, projeções míticas, implicações ideológicas, discurso e narrativa. De fato, o encontro e cruzamento de duas culturas é o eixo que tudo articula e o centro de gravitação para o qual convergem componentes e procedimentos ficcionais". Na interpretação aqui proposta, Alencar tornou Iracema autêntico ensaio ficcional, isto é, a trama esboça uma teoria geral da miscigenação, vista como traço próprio da cultura brasileira. Além disso, o autor produziu uma notável síntese biográfica do escritor de O Guarani, iluminando sua obra – aqui, examinada em seu conjunto. Há mais: Barbieri enfatizou tanto "a contribuição antecipadora de José de Alencar relativamente ao debate da questão ecológica" quanto sua capacidade de "criar uma linguagem inaugural e descortinar novos horizontes para a cultura brasileira".

Este notável livro, portanto, desenha uma nova interpretação da obra de José de Alencar, oferecendo uma análise inspirada, e desde já incontornável, de sua obra-prima, Iracema.
 
Ficha Técnica:
Número de Páginas: 136
Editora: É Realizações
Idioma: Português
ISBN: 978-85-8033-151-6
Dimensões do Livro: 11,5 x 21 cm