Sem estoque Informe o seu e-mail e o notificaremos assim que o produto chegar em nosso estoque:


Enviar
Out of stock!
Insira seu e-mail para ser informado quando este produto chegar:
Enviar Fechar

Home

OFERTAS DO NANDO

Até 25%

Brasil - Estados Unidos: A rivalidade emergente (1950-1988)

Luiz Alberto Moniz Bandeira

Brasil - Estados Unidos: A Rivalidade Emergente (1950-1988)

Editora: Civilização Brasileira

De R$ 77,90 por:
R$ 63,88
Quantidade
Disponibilidade: Em Estoque
Comprar
R$ 63,88 no cartão em até 6x de R$ 10,65 s/ juros

CARTÃO

Dividimos em até 6x

FRETE

Confira nossa política de frete

Sinopse

A obra de referência Brasil - Estados Unidos: a rivalidade emergente (1950-1988) ganha edição revista e ampliada pelo professor Luiz Alberto Moniz Bandeira. O estudo revela que a "tradicional amizade" entre os dois países sempre constituiu um estereótipo ideológico manipulado com o objetivo de influenciar a política exterior do Brasil. Baseado em ampla documentação. Moniz Bandeira mostra como o relacionamento entre as duas potências das Américas nem sempre foi suave e tranquilo. No século XIX. o Brasil suspendeu três vezes (1827. 1847 e 1869) as relações diplomáticas com os Estados Unidos. e não aceitou. passivamente. sua hegemonia. ainda que. até a primeira metade do século XX. dependesse das exportações para o gigante norte-americano. As necessidades da industrialização. impulsionada pelo presidente Getúlio Vargas (1930-1945 e 1951-1954). agravaram as contradições com os Estados Unidos. o que concorreu decisivamente para o golpe militar de 1964. O "breve e aberrante interlúdio". conforme o embaixador americano John Crimmins qualificou o governo do marechal Humberto Castelo Branco. por seu "alinhamento automático" com os Estados Unidos. e os interesses econômicos do Brasil determinaram o reaparecimento das contradições. Os atritos chegaram ao seu ápice com a assinatura do Acordo Nuclear Brasil-Alemanha (1976) e a ruptura do Acordo Militar com os Estados Unidos. pelo governo do general Ernesto Geisel. em 1977. Brasil - Estados Unidos: a rivalidade emergente (1950-1988) não constitui uma obra isolada. Ela é parte de um conjunto. que começa com Presença dos Estados Unidos no Brasil (Dois séculos de histórias) e no qual se integram As relações perigosas: Brasil - Estados Unidos (De Collor a Lula); Brasil. Argentina e Estados Unidos - Conflito e integração na América do Sul (Da Tríplice Aliança ao Mercosul); e Formação do Império Americano (Da guerra contra a Espanha à guerra no Iraque). entre outras.